Portal do Governo Brasileiro
X

BUSCA

Pagina Inicial / Destaques / Faculdade de Educação/UFRGS lança projeto de Monitoramento do PNE

Faculdade de Educação/UFRGS lança projeto de Monitoramento do PNE

Quarta-feira, 09 de novembro de 2015

20151109 Faced ufrgs monitoramento PNEO Plano Nacional de Educação (PNE), em vigor para o período de 2014 a 2024, tem sua aplicação em todo o território brasileiro e conta com as versões estaduais e municipais. A execução das 20 metas será acompanhada, entre várias entidades, pelo Projeto de Extensão e Pesquisa Monitoramento e Avaliação do PNE, lançado pela Faculdade de Educação (Faced) nesta segunda-feira, dia 9 de novembro, na Sala 2 do Salão de Atos.

A mesa de implantação do projeto contou com a presença do vice-reitor Rui Vicente Oppermann, da deputada federal e representante da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, Maria do Rosário, do diretor de Cooperação e Planos de Educação da Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino do MEC Geraldo Grossi Júnior, além de representantes de conselhos e secretarias de Educação do Rio Grande do Sul.

Tema em destaque

O vice-reitor ressaltou a iniciativa como integrante da responsabilidade que a Universidade tem diante da comunidade e, ainda, o fato de o PNE ter recebido bastante destaque nas diretrizes em construção no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFRGS. A deputada destacou o desejo do acompanhamento da implantação do PNE como forma de evitar que o texto se torne um discurso vazio. E acrescentou que é preciso "fomentar a consciência nas ausências que o Plano tem, nas áreas de direitos humanos, inclusão, acolhimento de adolescentes em conflito com a lei, gênero, etnias e sexualidade".

Representando o MEC, Geraldo Grossi Júnior apresentou, de forma sintética, como será o acompanhamento nacional, os desafios e perspectivas e os caminhos para estados e municípios realizarem esse processo. Para ele, o hábito do planejamento foi bem desenvolvido nos últimos anos, mas ainda precisa se incentivar mais os processos de monitoramento de cumprimento de metas. Ele reforçou, também, que os planos são documentos de Estado e não de Governo, pois sua validade é assegurada para além dos mandatos eletivos.

Extensão e Pesquisa

A diretora da Faced, Simone Valdete, explicou que o projeto na UFRGS tem um prazo inicial de dois anos, que será renovado ao longo da execução do PNE e que faz parte do compromisso da Universidade com a Escola Pública. A presidente do Conselho Estadual de Educação Cecília Martins Faria ressaltou o que chamou de perdas nas votações dos planos estaduais e municipais nas casas legislativas, devido aos vetos de ações nas áreas de gênero e direitos humanos, mas "há muitas iniciativas do texto que podem se refletir em excelentes ações", esclareceu.

Sônia Ogiba, docente da Faced e coordenadora da ação, expôs que o projeto é de extensão e de pesquisa, sendo, inicialmente, executada a primeira forma, com previsão de mobilização de grupos de investigadores para que a pesquisa seja também colocada em prática. Ela apresentou o site do projeto e um vídeo explicativo da ação.

Fonte: Faced/UFRGS